PARAIBANO DE BEACH SOCCER DE 2016 DEFINIDO NA TARDE DESTA SEGUNDA FEIRA

novembro 1, 2016

A diretoria da FPBS reunida com os dirigentes dos clubes definiu todo o modelo de disputa do Campeonato Paraibano de Beach Soccer no masculino adulto e Sub 17, a conversa com os dirigentes aconteceu na tarde desta segunda feira (31) na sala de eventos do restaurante Feijoada do Fabio.

Segundo o presidente da FPBS a reunião foi muito proveitosa e ficou definido a forma de disputas e os dias dos jogos, no adulto com oito clubes as chaves estão assim compostas: Chave A – SEP/Pilar, Porto de Cristo, Pitimbu Fênix e Marisol, e na Chave B – Moroni, Servicar, CCCLB/H12 e Gama. Na categoria sub 17 também com oito clubes as chaves ficaram assim: a Chave A – Moroni/Clube Maníacos, Bola na Rede, CCCLB/Esperança de Vida H12 e Pitimbu Fênix, na Chave B – Palmares/Gol de Vida, Servicar/Bom de Bola, Bom na Escola, Marisol/Projeto Garoto Cidadão e Porto/Craques do Futuro.

 

O Paraibano de Beach Soccer nas duas categorias começa no próximo dia 12 de novembro e a previsão de terninho e dia 11 de dezembro, os jogos vão acontecer sempre aos sábados e domingos, na arena da FPBS na praia do cabo branco, na cidade de João Pessoa a capital de todos os Paraibanos.
ailon-1

O Campeonato Paraibano de Beach Soccer, e promovido pela Federação Paraibana de Beach Soccer, chancelado pela Confederação Brasileira de Beach Soccer, e tem o apoio da Feijoada do Fabio, Waldir Acessórios, F&F Vidros e Molduras, Palhoça do Tom e Prefeitura de João Pessoa.

Fonte: Ascom/FPBS

 

 

 

PROJETO GOL DE VIDA

novembro 1, 2016

6ª Edição Projeto Escolinha

E impossível progredir sem mudança!

E aqueles que não mudam suas mentes Não podem mudar nada

O projeto gol de vida surgiu no ano de 2009 na comunidade vila feliz, no bairro do jacaré, cabedelo-Pb. É um projeto desenvolvido pela igreja MIRR, que fica em João Pessoa e conduzido pelo Professor Vandir Júnior.

O projeto surgiu devido a situação de risco encontrada naquela comunidade. Muitas crianças envolvidas com as drogas, prostituição, sem frequentar as escolas, ociosas, onde passavam o maior tempo nas ruas. Através dessa realidade surgiu o Projeto Gol de Vida, que através do esporte vem tirando crianças e adolescentes da ociosidade e proporcionando um futuro melhor para cada um deles.

Projeto atende hoje cerca de 80 crianças e adolescentes de ambos os sexos, entre 07 e 18 anos que participam das atividades que são realizadas 2 vezes por semana na parte tarde. Para participar do Projeto, é necessário que o aluno(a) esteja matriculado na escola, com uma frequência mínima de 80℅, um bom comportamento e com boas notas.

E importante um acompanhamento com as famílias para saber como eles estão se comportando em casa. Realizamos também, um acompanhamento religioso com cada participante do Gol de Vida. Apesar de está atuando a 7 anos na comunidade, apenas no ano de 2015 que o Gol de Vida começou a participar de competições de Beach Soccer.

Na sua primeira participação, alcançou o vice campeonato na categoria sub 17, onde teve também o melhor atleta da competição. Esse ano o Gol de Vida teve dois atletas convocados para a seleção paraibana da modalidade para a disputa do campeonato brasileiro de seleções sub 17, que foi realizado na cidade de Natal.

A finalidade do Projeto é poder dá a cada criança e adolescente uma perspectiva de vida melhor. E através do esporte fazer com que elas fiquem longe das drogas, álcool, cigarro e da prostituição. Também apresentar a elas uma possibilidade de sonharem com um futuro melhor. O nosso maior interesse não é que se tornem jogadores(as) de futebol, mas sim que se tornem homens e mulheres de caráter, íntegros, amantes da palavra do Senhor, onde Jesus esteja no centro e controle da vida deles, para que assim tenham um futuro melhor e alcancem o propósito que Deus reservou para cada um deles!

 

Fonte: acom/fpbs

 

PROJETO ESCOLINHA DE FUTEBOL BOLA NA REDE

novembro 1, 2016

 

5ª Edição Projeto Escolinha

Esta edição do projeto escolinha que esta sendo apresentado pela Federação Paraibana de Beach Soccer, vem, do bairro dos Novais que fica na região oeste da cidade de João Pessoa, a capital do estado da Paraíba, e é capitaneado pelo professor Raimundo Severino, carinhosamente chamado pelo alunado do projeto de Professor Mona.

O projeto denominado de Escolinha de Futebol Bola na Rede, vem sendo executado a mais de 15 anos, e tem o cunho sócio, educativo e esportivo, trabalha a garotada dos 10 aos 16 anos, uma media de 100 garotos, e visa principalmente forma o cidadão para a vida, o crescimento do garoto no processo, se vier a surgir como um futuro atletas de ponta e mera coincidência, mas, sobre tudo o trabalho não e só o futebol, mas, a três anos vem despontando também no futebol de areia como uma grande promessa, nas categorias de base e no adulto.

Para o professor Mona, o projeto foi idealizado e projetado para acontecer a mais de 10 anos, ele conta ainda com seu auxiliar direto o professor Ramos, e outros amigos que abraçaram este projeto não só no campo esportivo, mas, também de vida, principalmente por se encontra encravado em um bairro não muito favorecido pelo poder publico, onde o campo que os garotos treinam, não e de boa qualidade e nem tem esperança de dias melhores, mas, Dai, a insistência e grande, e o amor em fazer a muito maior, portando vamos continuar sim, fazendo sem a ajuda de que deveria ajudar, mas, temos alguns parceiros que vem dando um suporte que aliado aos nossos amigos dentro do trabalho, estamos conseguido dar um dia melhor aos garotos do bairro. – Disse o professor Mona coordenador geral do Projeto.

Fonte: ascom/fpbs

 

PROJETO ESPERANÇA DE VIDA H12 – CIDADE DE BAYEUX

novembro 1, 2016

 

4ª Edição Projeto Escolinha

A cidade de Bayeux na região metropolitana de João  Pessoa a capital da Paraíba e o destaque desta edição do Projetos Escolinhas que a FPBS esta mostrando ao Brasil, e lá no Conjunto Mario Andreazza, antigo Mutirão, que o idealizado e coordenador o professor Marcinho Lima, apresenta o seu excelente trabalho com crianças e adolescentes, com o trabalho esportivo e sócio educativo denominado de PROJETO ESPERANÇA DE VIDA H12, (Projeto Hulk) e que vem dando alento e esperança a centenas de famílias deste bairro da cidade. Atendendo mais de 120 crianças e adolescentes.

Fundado em 12 de dezembro de 2012, com o intuito de direcionar um caminho livre no dia a dia para os jovens através do esporte, os afastando das drogas trabalho abençoado por Deus, e que vem dando certo pois pessoas ao tomares conhecimento começaram a se identificaram com o projeto dai chegando benefícios para a comunidade, e não só para o projeto.

O coordenador do projeto professor Marcinho Lima, inicialmente agradece a duas pessoas, a Juíza de Direito da cidade, Dra Conceição Marsicano, e ao jogador de Futebol HULK, a madrinha e o padrinho do projeto respectivamente, a Dra Conceição trouxe o Kulk para o projeto, Dai o jogador abençoado por Deus montou toda a estrutura murando, gramando e iluminado o campo, em seguida veio o Exercito Brasileiro que perfurou um poço artesiano, que serve ao projeto e a toda comunidade.

O projeto agradece inicialmente a DEUS que colocou pessoas abençoadas no seu caminho para ajuda-lo, isso tenho que reconhecer o que eles fizeram por estas crianças e adolescentes, e em especial a toda comunidade do Mario Andreazza, Pois, foi com essa ação que criamos o Programa do Sopão, atendendo mais de 200 famílias de segunda a sexta, isto sim, deveria ser copiado pelos gestores públicos, mas, estamos ai fazendo a nossa parte através deste projeto que o nome já diz, Esperança de Vida H12 para todos. Disse – o Professor Marcinho Lima.

Fonte: ascom/FPBS

 

 

ESCOLINHA CRAQUES DO FUTURO – JACARAÚ

outubro 27, 2016

3ª Edição Projeto Escolinha

O Projeto da “Escolinha Craques do Futuro” fundada em 13 de maio de 2006, vem lá da cidade de Jacaraú, no litoral norte distante 96 Km da capital João Pessoa na Paraíba, é uma academia de futsal para atletas iniciantes que abrange nove categorias, sendo elas: Sub-5, Sub-7, Sub-9, Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Feminino. O projeto também acolhe alunos de comunidades carentes da cidade.

O professor Almir Weverton e um jovem de 19 anos, que divide a faculdade como estudante de Direito e Informática com as crianças e os adolescentes de Jacaraú, desenvolvendo além do futsal e o futebol também o beach soccer, com planos  ainda maior, com a base sendo o parâmetro principal do trabalho.

Além da elaboração de novos métodos de treinamentos e organização interna. Existindo assim, fichas de inscrições, onde todos os atletas são cadastrados e acompanhados mensalmente, principalmente no tocante as notas na escola, fator principal para a manutenção do aluno no projeto, culminando desta forma com a integração e a socialização deste jovens e adolescentes envolvidos no projeto.

Ganhou o Slogan de “Escolinha Craques do Futuro: por sua formação e recreação de atletas com respeito, educação e a vida. E Conta com bastante orgulho com o apoio do projeto “ReCiclo”, e alguns amigos da sociedade Jacarauense pelo trabalho, que além de esportivo, e também sócio educativo, com o trabalho sempre aos sábado e domingo, com a brilhante equipe de professores – Almir Weverton, Osmar Junior e Fabrício Gomes.

 

O projeto na categoria sub 13, no beach soccer já conseguiu lugar de destaque com o vice campeonato na Copa Verão de 2015 e o titulo da Copa Verão de 2016.

 

Fonte: ascom/FPBS

 

PROJETO “BOM DE BOLA, BOM NA ESCOLA”

outubro 27, 2016

 

2ª Edição – Projeto Escolinha

O Projeto Bom de Bola, Bom Na Escola foi idealizado pelo professor Modesto Kall, que trabalha os garotos da faixa etária dos 10 aos 16 anos, e que visa unicamente dar um alento aos mesmos fazendo com que eles ocupem o turno livre das aulas praticando esporte, claro não só o beach soccer, mas, o futebol e futsal, como já e patente no Brasil, aqui na Paraíba não poderia ser diferente, e a fata de apoio principalmente do poder publico, dificulta as vezes o crescimento do trabalho.

Recentemente criado atendendo em media 50 crianças e adolescentes, o projeto visa também descobrir valores não só para o mundo futebolístico, mas, para a vida, formando cidadãos,  junto ao projeto o desenvolvimento escolar, com a socialização e a integração dos mesmos a sociedade de forma igualitária,  classificamos como um projeto esportivo e sócio educativo, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos a vida.

O Projeto “BOM DE BOLA, BOM NA ESCOLA”, na concepção do professor Modesto Kall, trata uma temática hoje  considerada como um grande desafio por parte dos diversos seguimentos sociais, em especial para aqueles que estão ligados de alguma forma com desenvolvimento social das Crianças e Adolescentes nas comunidades carentes, Dai, com o envolvimento de crianças com idade de 10 a 17 anos, com o intuito de incentivar os jovens na prática esportiva, em especial ao Beach Soccer, contribuindo para o afastamento de crianças e adolescentes da áreas de risco, pivô de muitos casos que enlutam a sociedade Brasileiro. – Disse o Professor do Projeto – Modesto Kall.

Entendemos que o projeto em funcionamento proporciona as criança e adolescentes a condutas adequadas em relação às pessoas e ao ambiente vivenciado, combatendo a evasão escolar e a repetência, dando  estimulo a prática regular de atividades físicas, e promover a descontração e o relaxamento físico e mental, tendo o Beach Soccer como alternativa, para isolarem de perto as drogas e o tempo ocioso,  e dai vem as oportunidade de participar de eventos esportivos e culturais como competições organizadas, e torneio e campeonato.

Fonte: ascom/fpbs

 

PROJETO GERAÇÃO FÊNIX DE FUTEBOL E BEACH SOCCER

outubro 27, 2016

 

1ª Edição Projeto Escolinha

O projeto esportivo e sócio educativo denominado de PROJETO GERAÇÃO FÊNIX DE FUTEBOL E BEACH SOCCER, e realizado na cidade litorânea de Pitimbu, distante 68 km da capital, e hoje uma realidade também no beach soccer, e dirigido pelo professor Ricardo Nascimento, vem desde 2002 promovendo a integração e a socialização das crianças e dos jovens na sua cidade.

pit-8

A finalidade maior do projeto é a formação dos garotos não só para o futebol e o beach soccer, claro, no futebol e futsal já vem há algum tempo, mas, nos últimos anos também nas areias, E um ponto principal no social levado os garotos ao conhecimento na modalidade esportiva e também para no futuro se tornar um cidadão Pitimbuense cidade do litoral sul da Paraíba.

O professor Ricardo Nascimento/Fênix e Felipe vêm desenvolvendo esta árduo trabalho no inicio sem ajuda, mas, continua no seu dia a dia, ajuda a não ser dos amigos e dos País do meninos, em setembro ultimo no dia 22 o projeto completou 14 anos de muita luta e também de muito sucesso.

Lutamos por dais melhores para o projeto, segundo o professor Ricardo Nascimento, o projeto tem hoje 50 jovens e adolescentes, além do adulto um numero significativo, um verdadeiro criadouro de talentos, nos três últimos anos, já projetamos oito atletas de boa desenvoltura e de grandes qualidades técnicas, quatro na categoria de base e quatro no adulto, tendo os mesmos já convocado para a seleção Paraibana e para outros clubes do Brasil. E todos participando do Brasileiro Escolar Sub 17 de Beach Soccer neste ano, e os outros no adulto da Copa Nordeste de Beach Soccer.

O idealizador e coordenador do projeto GERAÇÃO FÊNIX DE FUTEBOL E BEACH SOCCER, afirma que passou por maus momentos, no inicio, mas com o tempo o poder publico foi absorvendo o trabalho, claro vendo a importância para a cidade, com aqueles jovens envolvidos no esporte ao invés de estarem nas ruas no horário vago das aulas, E dai, veio o apoio da prefeitura de Pitimbu e da federação paraibana de beach soccer, esperamos continua a luta, pois ela não e só minha, mas, de toda sociedade da cidade de Pitimbu. Disse – O Professor Ricardo Nascimento – Pitimbu Fênix

 

Fonte: ascom/Fpbs

CAMPEONATO DE FREI MARTINHO DE FUTEBOL DE AREIA TEM APOIO DA FPBS

outubro 21, 2016

Federação Paraibana de Beach Soccer vai da total apoio ao Campeonato Frei-Martinenses de Futebol de Areia, a cidade Paraibana fica a 193 km da capital Paraibana, e é localizada na região do Seridó, e vem a muito tempo realizando eventos da modalidade.

frei-2frei-b

O presidente da Federação Ailton Cavalcanti, conversou demoradamente hoje com o multimídia da cidade o jornalista Chiquinho Dantas, que apresentou a proposta do evento a FPBS que ao analisar de imediato aprovou a ideia e vai colaborar com o campeonato da cidade Frei Martinho.

frei-3frei-6

O empresário Wesley que tem um Complexo de Lazer denominado de FIFIKÃO onde os eventos da cidade acontece, esta dando total apoio ao evento, por conta disto o Presidente da FPBS esta confirmando uma vista na cidade sede do evento para a aproxima semana.

frei-1

Fonte: ascom/FPBS

CONFIRMADO A PARTICIPAÇÃO DE 7 CLUBE NO PARAIBANO DE BEACH SOCCER DE 2016

outubro 21, 2016

 

foto-materias-paraibano-2016

A Federação Paraibana de Beach Soccer confirma para o Paraibano Sub 17 desta temporada 7 clubes, confira, SE Palmeiras / Projeto Gol de Vida, Palmares EC  / Pitimbu Fênix, CCCLB / Projeto Esperança de Vida H12, Servicar Sport Club, Escolinha de Futebol Bola na Rede, EC Colibri / Marisol e AA Moroni / Clube Maníacos.

 Para o presidente da FPBS esperamos ate a reunião no próximo dia 31 que possamos chegar aos oitos clubes, um numero significante para a competição fluir de forma a nos proporcionar muitas emoções, finalizou o Presidente da FPBS Ailton Cavalcanti.

Fonte: Acom/FPBS

PARAIBANO DE BEACH SOCCER NO MASCULINO ADULTO COM 6 CLUBES CONFIRMADOS

outubro 21, 2016

foto-materias-paraibano-2016

As areias  da praia  do cabo branco vai pegar fogo neste final de ano

A federação Paraibana de Beach Soccer já recebeu a confirmação de 6 clubes no masculino adulto para as disputas do Campeonato Paraibano de Beach Soccer desta temporada de 2017.

Segundo o departamento técnico confirmado os seguintes clubes: Associação Atlética Moroni, Gama Futebol Clube, Palmares EC / Pitimbu Fênix, Porto de Cristo EC / Jacaraú, CCCLB / Projeto Esperança de Vida H12, Servicar Sport Club e Esporte Clube Colibri / Marisol.

 A estimativa da FPBS e que oito clubes participem ativamente do Campeonato desta temporada, seria um numero bom para a formatação do Paraibano. – Disse o Presidente Ailton Cavalcanti.

Fonte: Ascom/FPBS